sexta, 20 de julho de 2018

Agricultura familiar fornece alimentos para merenda escolar em Mamborê/PR

Agricultura familiar fornece alimentos para merenda escolar em Mamborê/PR

por Rebrae 07/06/18

Os estudantes matriculados na rede pública municipal de Mamborê (Paraná) sentem no dia a dia os benefícios de uma alimentação saudável, elaborada com produtos frescos e colhidos dentro do próprio município. Isso só está sendo possível graças ao Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), de iniciativa do Governo Federal. Pelo programa, as escolas municipais adquirem alimentos e verduras produzidos por produtores da agricultura familiar local, gerando fonte e renda às famílias e, contribuindo também para um cardápio mais saudável e balanceado aos alunos.

Na cidade, o programa é coordenado pela secretaria municipal de Educação, que realiza as chamadas públicas para aquisição dos produtos. Todos os alimentos oferecidos no cardápio são acompanhados por uma nutricionista do município, o que garante uma alimentação balanceada aos estudantes.

De acordo com o extensionista da Emater de Mamborê, Luiz Vanderley da Silva, o projeto para aquisição de alimentos em 2018 está em fase de formalização dos contratos de compra. “No contrato já fica estabelecido o cronograma de entrega de cada produto, bem como, as quantidades e prazo de pagamento”, explicou. Recentemente, foi realizada uma reunião entre a Emater e membros da secretaria da Educação da cidade para discutir o assunto.

Conforme a professora Valdirene Camargo Vilas Boas Rocha, responsável pelo setor de merenda escolar de Mamborê, para este ano será aplicado R$ 38,9 mil na aquisição de alimentos pelo programa às escolas da rede municipal. Pelo menos 11 agricultores familiares farão o repasse dos produtos. Serão comprados legumes, frutas, verduras, cereais, carnes e alimentos semi e processados, conforme especificação da chamada pública.

O programa prevê ainda a participação de uma entidade articuladora que faz a assessoria dos agricultores familiares com a prefeitura na relação de compra e venda, cujo serviço é desenvolvido pela Emater local. Os produtores interessados em participar do programa, devem buscar orientação inicialmente na entidade para receberem as informações básicas para sua adesão.

“Também são atribuições do Emater divulgar e socializar o programa junto aos agricultores familiares e suas organizações, capacitar e prestar assistência técnica aos agricultores participantes nas boas práticas agrícolas de produção, beneficiamento e processamento, capacitar em tecnologia de produção, classificação, embalagens, processamento, acondicionamento e logística de armazenamento e transporte, entre outros”, comentou Silva.

O Programa

A aquisição de alimentos da agricultura familiar para a alimentação escolar foi instituída pela Lei nº11.947, de 16/06/2009 e regulamentada pela Resolução nº 38, de 16 de julho de 2009, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Desde então, do total dos recursos financeiros repassados pelo FNDE, no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), no mínimo 30% (trinta porcento) deverá ser utilizado na aquisição de gêneros alimentícios diretamente da Agricultura Familiar e do Empreendedor Familiar Rural ou suas organizações.

O objetivo desta política é promover a alimentação saudável e adequada à clientela do PNAE, com diversos benefícios para os alunos, como maior consumo de frutas, hortaliças e alimentos produzidos localmente, incentivo e promoção de hábitos alimentares saudáveis e promoção de alimentação adequada e, consequentemente, de um melhor estado nutricional.

Para os agricultores familiares também é importante porque cria mercado para os seus produtos, valoriza a produção de alimentos locais e regionais, incentiva a organização, a cooperação e a formalização dos agricultores, bem como incentiva o empreendedorismo local.

O fortalecimento da economia local é também um reflexo do beneficio ao município, com a circulação da riqueza gerada com o programa, novas oportunidades de negócio, dinamização do comércio local, geração de emprego e renda, inclusão social e garantia da venda dos alimentos produzidos no município.

Fonte: Tribuna do Interior, po Walter Pereira



Ver todas as notícias


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/rebraecom/public_html/wp-includes/functions.php on line 3734