segunda, 23 de outubro de 2017

Aquisição de gêneros da Agricultura Familiar

Aquisição de gêneros da Agricultura Familiar

por Rebrae 16/05/17

Machadinho, Rio Grande do Sul

Desde 2009, quando foi estabelecida a obrigatoriedade de que pelo menos 30% dos recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) deve ser destinado para agricultura familiar, as secretarias da Educação e da Agricultura de Machadinho, no Rio Grande do Sul, – com o apoio da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER) e o Conselho de Alimentação Escolar (CAE) – tem trabalhado em parceria para favorecer a alimentação escolar e, também, a economia da cidade. O grupo se reúne mensalmente com os agricultores familiares do município.

Essa articulação proporciona conquistas para todos envolvidos. Os agricultores, por exemplo, criaram uma Associação de Hortifrutigranjeiros e Agroindústria Familiares (Hortiagro) e assim, conseguiram mais incentivos financeiros e mais visibilidade pela comunidade. Por sua vez, a alimentação escolar da rede municipal de educação se beneficiou por contar sempre com alimentos frescos, geralmente colhidos no mesmo dia do consumo e poder oferecer refeições mais saudável.

Além disso, como atividade de educação alimentar e nutricional, os escolares tem a oportunidade de visitar as propriedades rurais, conhecendo o modo de produção dos alimentos que irão consumir na escola. Mais do que isso, nutricionistas, equipe técnica da secretaria de agricultura e/ou EMATER, o Conselho de Alimentação Escolar (CAE) e os manipuladores de alimentos também realizam visitas. O objetivo é de conhecer a produção, auxiliar no que for necessário e, também, fortalecer a relação entre todos os atores fundamentais nessa parceria, ressaltando a importância da qualidade dos alimentos, desde o plantio até o momento de servir aos alunos.

O resultado desse trabalho, desenvolvido há quase sete anos, é visto no percentual utilizado para adquirir produtos desses agricultores, com o recurso do PNAE: nos últimos anos tem ultrapassado a marca de 80%. A expectativa para esse ano é atingir 90%, visto que no primeiro semestre o percentual destinado para esse tipo de compra foi de 79%. O município de Machadinho localiza-se na região nordeste do estado do Rio Grande do Sul, tem seis mil habitantes e sua economia é essencialmente agrícola.



Ver todas as notícias