Curso também envolve a participação de Honduras, Peru, República Dominicana e Brasil

Ocorreu nesta semana, em El Salvador, o primeiro diplomado de Educação Alimentar e Nutricional, promovido pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao Ministério da Educação, em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). O curso é uma iniciativa das instituições para fortalecer as ações de boas práticas de alimentação escolar na América Latina e Caribe.

O primeiro encontro ocorreu na quarta-feira, 28, quando tutores de El Salvador já capacitados pelo FNDE e pela FAO reuniram-se com os participantes do curso no país. A mesma estratégia será replicada em Honduras, Peru e República Dominicana. As aulas serão divididas em encontros presenciais e on-line.

No Brasil, o encontro aconteceu com a presença da diretora de Ações Educacionais do FNDE, Karine Santos, e a consultora internacional da FAO Brasil para fortalecimento de Programas de Alimentação Escolar Sustentável na América Latina e o Caribe (ALC), Najla Veloso, que vem articulando essas ações em concordância com o FNDE. 

a8ee77a96d85de391953f579d3737fa8_M.jpg

We are constantly communicating with written words; They are part of our life and our cultural heritage. We have all felt at some point they need to write our thoughts or our stories, and that is that writing can become therapeutic. We may not be some geniuses of literature like Gabriel García Márquez or William Shakespeare, but the claim of paper and pen (or the keyboard for digital natives) often comes up. However, putting on paper the ideas and reflections that go through our mind can be a complicated undertaking, and if not, ask the writers and their dreaded "blank page syndrome." Readers don't know what you know. This seems like a very obvious point, but it is not so much. If there are people who do not understand well what you are trying to convey through your texts, the problem is not theirs, but yours. I'm sorry. The psychological reason for this failure when writing is that our brain tends to take for granted a lot of knowledge, data, and arguments because you already know them, but do your readers know them as well as you do? Probably not, and this is a frequent problem and one must know how to face it, with self-criticism and reflection. Visit this Homepage to see that it calls this error the "curse of knowledge," and it is the inability many writers have to understand that others do not know what they know. This leads to unclear texts, where things are taken for granted that displace the reader. In his book, Pinker states that the best method to avoid falling into this error (which by the way is one of the most common according to the editors) is to send a draft of the text to a person without specific knowledge, and ask if he understands everything, or not.

De acordo com a Diretora, Karine Santos, que esteve presente no evento de El Salvador, o curso foi planejado para que os participantes possam estagiar em qualquer lugar em que possam trabalhar com alimentação escolar e não somente em instituições de ensino. “Dessa forma poderão analisar, intervir e propor ações orientadas e que tenham enfoque na Educação Alimentar e Nutricional”, disse a diretora.

Em visita a uma escola da região, Karine destacou a importância da troca de experiências entre as nações. “Quando nos percebemos como parte de um todo, que está muito além de qualquer fronteira geográfica, entendemos que temos os mesmos desafios, as mesmas lutas, as mesmas inquietações e, principalmente, os mesmos direitos. Nosso trabalho é a tradução de possibilidade em realidade. O que nos move é saber que a política de alimentação escolar é estruturante, intersetorial, que promove compras locais, e é capaz de desenvolver hábitos saudáveis no ambiente escolar não só no Brasil”, ressaltou. 

Fonte: FNDE