terça, 25 de setembro de 2018

InformaNutri nº 12/2017 – Alimentos Orgânicos no Programa Nacional de Alimentação Escolar

InformaNutri nº 12/2017 – Alimentos Orgânicos no Programa Nacional de Alimentação Escolar

por Rebrae 21/12/17

_______O InformaNutri nº 12/2017, elaborado pela Coordenação Geral do Programa Nacional de Alimentação Escolar (CGPAE), foi enviado para o contato de todos os nutricionistas vinculados ao PNAE, cadastrados no Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle (SIMEC/FNDE), e aborda a temática dos “Alimentos Orgânicos no Programa Nacional de Alimentação Escolar”.

 

_______A implementação da Lei Federal n° 11.947/2009, regulamentada pela Resolução CD/FNDE nº 26/2013, atualizada pela Resolução CD/FNDE nº 04/2015, possibilitou, entre todos os avanços do Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE, que sejam aplicados, no mínimo 30% dos recursos do Programa na compra diretamente dos agricultores familiares, com preferência aos alimentos orgânicos e/ou agroecológicos na nas aquisições pela chamada pública. Espera-se com essa ação o incentivo à inclusão dos gêneros orgânicos e agroecológicos nos cardápios da alimentação escolar, contribuindo para o fortalecimento e ampliação do consumo dos produtos orgânicos e de base agroecológica com ênfase nos circuitos curtos de comercialização (mercados locais e regionais).

_______No Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (Planapo), criado a partir da Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (Pnapo), instituída por meio do Decreto nº 7.794/2012, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE responsabilizou-se pela gestão de um conjunto de iniciativas que inclui a produção de material educativo, formação de nutricionistas responsáveis técnicos pelo PNAE para a promoção da inclusão de alimentos orgânicos nos cardápios da alimentação escolar e o monitoramento dos recursos investidos na aquisição de gêneros alimentícios orgânicos para o PNAE.   O objetivo da Política, concretizada pelos compromissos governamentais no Plano é integrar, articular e adequar políticas, programas e ações indutoras da transição agroecológica e da produção orgânica e de base agroecológica, contribuindo para o desenvolvimento, por meio do uso sustentável dos recursos naturais e da oferta e consumo de alimentos saudáveis. Ressalta-se que, desde 2013, mais de R$ 300 milhões foram investidos na aquisição de alimentos orgânicos no PNAE.

_______Para falar um pouco sobre a importância do papel do nutricionista no fortalecimento da estratégia de inclusão de alimentos orgânicos nos cardápios da alimentação escolar e o impacto dessa ação para o alcance das diretrizes do PNAE, como ação para a promoção do desenvolvimento local e como um indutor dos processos educativos para a promoção de hábitos alimentares saudáveis, convidamos o professor da Escola de Nutrição da Universidade Federal de Ouro Preto – UFOP, presidente do Conselho Estadual de Segurança Alimentar – CONSEA/MG e presidente do Conselho Federal de Nutricionistas, Élido Bonomo a trazer uma contribuição sobre o assunto.

 

 

_______Assista ao vídeo “Alimentos Orgânicos no Programa Nacional e Alimentação Escolar”, no qual o presidente do Conselho Federal de Nutricionistas, Elido Bonomo, fala aos nutricionistas sobre a importância da inclusão de alimentos orgânicos na alimentação escolar.

 

 



Ver todas as notícias